Home » Espiritismo, Mensagens

Autoestima: aprenda a amar a si mesmo ao amar o próximo

Enviado por on 22/08/2011 – 17:19
Reprodução

Problemas de autoestima afligem muitas pessoas. Quem tem sua autoestima afetada sente-se, por algum motivo, inadaptado. É preciso pensar, no entanto, que nunca se nasce inadaptado —esse sentimento surge por alguma reação emocional. E essa não-aceitação, combinada ao orgulho que todos ainda carregam em maior ou menor grau, faz com que a pessoa sinta-se ofendida por um tratamento que recebeu. E com isso vem a baixa autoestima.

A melhor maneira de gostar de si mesmo e recuperar a autoestima é amar o seu próximo. E amar o próximo implica perdoá-lo.

Se perdoo, a atitude de ofensa de meu próximo não me atinge. E aí vem a compreensão. O fato de ter entendimento e compreensão equilibra minha autoestima.

É preciso enxergar o quanto, muitas vezes, o sentimento de baixa estima se esconde atrás da vaidade. Ainda que secreta ou inconscientemente, acredito não merecer aquilo por que estou passando —mereço algo melhor. Minha própria vaidade faz com que me sinta injustiçado, e eis que surge a baixa estima.

Como fazer, então, para me corrigir e voltar a ter paz e felicidade?

O perdão é o método perfeito para se corrigir. Quando alguém lhe faz algo e você perdoa, você automaticamente se corrigiu. Chega um momento que nem do perdão você precisa mais —o aspecto de compreensão leva-lhe a pensar: “Perdoar para quê? Como eu tenho meus defeitos e as minhas falhas, entendo os defeitos e as falhas dos outros, e não tenho por que perdoar”.

Longe de serem castigos, os incômodos que você sente diante de alguns comportamentos dos outros são os alertas que a Lei Divina lhe envia para que você mude o próprio comportamento. Procure notar: você nunca se sente incomodado diante dos defeitos alheios que já consegue evitar tranquilamente em si próprio.

Por isso é que aqueles que nos causam incômodo são nossos professores, e nunca inimigos ou obsessores. Não é melhor você ter alguém que lhe cause incômodo agora, para mostrar o que você precisa mudar, do que desencarnar sem mudar e sofrer todas as consequências no mundo espiritual, no umbral, por exemplo?

Todo ser humano se ama. Este sentimento é natural. Jesus tanto sabia disso que baseou a maior lei de Deus no “ame a seu próximo como a si mesmo”. Tenha o devido cuidado, portanto, com a baixa autoestima. O que ela faz é encobrir a vaidade —com humildade, ao sair de si mesmo em busca da Caridade e do amor a quem está ao seu lado, você descobrirá como amar a si mesmo de verdade.

Mensagem anotada durante palestra conferida pelo médium Rosino Caporice sob inspiração do Espírito da Verdade em reunião mediúnica realizada em São Paulo no dia 20/08/2011.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: