Home » Espiritualismo, Mensagens

Os primeiros a ajudar e os últimos a julgar

Enviado por on 21/11/2011 – 21:47
Jason Clapp/CC

Queridos companheiros do vaso carnal,

Eis-me aqui, 57 anos depois da mensagem que trouxe ao conhecimento de todos pelo médium Xavier. Desde aqueles tempos permaneço sob a tutela de carinhosos e devotados irmãos que me sustentam a ainda enorme fraqueza. Mas a experiência da carne, sob o manto escuro da cegueira e diversas enfermidades nos pulmões e no coração, que outrora atingi em minha tão amada esposa, trouxeram-me nova luz ao entendimento.

Às vezes necessitamos do severo remédio da dor para valorizar o que nossos olhos de carne não nos permitem enxergar. A calúnia, a discórdia, o enfado moral são doenças muito piores que qualquer tribulação material que venhamos a passar. Elas provém de corações que ainda não encontraram o Cristo, e permanecem à espreita para que os que os cercam também se mantenham no cômodo lodaçal em que se banham.

Digo isso porque fui vítima da maledicência. Mas reconheço que, embora ainda não tenha perdoado completamente aqueles que me conduziram ao assassínio da mulher e ao próprio suicídio, fui eu mesmo quem causou todo o sofrimento, ao dar guarida aos sentimentos que me eram sugeridos.

Marina, por minhas mãos, resgatou cruel passado, e hoje me aguarda para receber-me como mãe. Chego a envergonhar-me por seu gesto de imenso carinho para aquele que não a compreendeu e preferiu dar ouvidos àqueles a quem a verdadeira confiança e a isenção caridosa ainda não tinham conquistado.

Volverei à carne em breves tempos. Com a forte intuição que adquiri acerca da vida após a morte, e novos laços que criei durante minha última encarnação privado da vista, terei a chance abençoada de vir ao mundo em uma família espírita. Porém, com o agravamento das condições planetárias no processo apocalíptico que se aproxima, já compreendi e aceitei que será minha vez de trabalhar em silêncio e perder, de fato, amores próximos pela via da desencarnação. Sozinho, terei condições de meditar melhor no valor da companhia doce e amiga daqueles que, conosco, formam um lar. E pelo trabalho que espero desenvolver, com o suporte carinhoso daqueles que continuarão me auxiliando do além-túmulo, espero retornar confiante à pátria espiritual, quando a Terra já tiver se transformado, por completo, em um Mundo de Regeneração.

Se posso, de alguma forma, ser útil como exemplo a alguém que permanece na cegueira da carne, digo, então, que a visão do Espírito seja a única a iluminar os caminhos daqueles que já enxergaram o Evangelho. E que Jesus e o Espírito da Verdade nos deem forças para que sejamos, a cada instante, os primeiros a ajudar e calar, e os últimos a julgar e a condenar.

Que a paz de Deus nos envolva a todos.”

Júlio

Mensagem psicodigitada por Francisco Madureira em 11/10/11 em reunião mediúnica após a leitura da mensagem “A Tomada Elétrica“, do livro “O Espírito da Verdade“, psicografado por Chico Xavier com mensagens de diversos autores espirituais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: