Home » Destaques, Espiritualismo, Estudos, Kardec corrige, Manchete

Lei da Reencarnação e Consciência

Enviado por on 21/07/2017 – 17:19
12105700_1453578878067990_3827705710910264536_n

Agora que já estudamos e compreendemos um pouco melhor como Deus age e como funciona a Lei de Causa e Efeito, vamos entender, neste capítulo de “Kardec (em espírito) corrige o Livro dos Espíritos”, um pouco melhor sobre como Deus e a consciência interagem com a Lei da Reencarnação (Corporificação).

 

CAPÍTULO 31
(leia os capítulos anteriores)

 

365. O que ela diz?

Que renasceremos tantas vezes quantas necessárias, para:

a) Evoluir até a perfeição;

b) Corrigir, dentro de nosso processo evolutivo, nossos atos de imperfeições;

c) Portanto a reencarnação jamais é um castigo, mas sempre uma nova oportunidade de correção e progresso;

d) Logo ela é uma lei eminentemente evolutiva;

e) Cabe a nós aproveitar bem as oportunidades, pelo bom uso do livre-arbítrio.

Obs.: A palavra correta seria corporificação, pois existem mundos onde os corpos não são de carne. Daí o “nascer de novo” de Jesus. Para a Terra, só no plano físico, a palavra reencarnação é válida.

366. E a vontade de Deus? Como ela interage com a reencarnação?

a) Agora que sabemos qual a vontade de Deus em relação a nós, ficou mais fácil saber o que realmente ele quer da gente;

b) Mas mesmo quem não sabe, não precisa se preocupar, pois através das leis divinas, a vontade do Pai sempre se cumprirá;

c) Por isso não devemos nos preocupar nunca com o nosso passado ou nosso “karma”;

d) Vamos esquecê-lo e trabalhar na prática do bem;

e) Pois o bem e a felicidade de todos seus filhos é a única vontade de Deus;

f) Daí também a única verdade sobre nosso Pai, o Deus Amor, o Deus Consolador.

367. E a consciência, como influencia?

a) Antes vamos explicar bem a diferença entre consciência e ter consciência;

b) Consciência é o mecanismo que Deus criou e no qual gravou a Lei de Causa e Efeito, para nos orientar em nossa evolução, até a perfeição;

c) Como toda lei de Deus, ela é perfeita e imutável, e por isso nos avalia com perfeição;

d) Já ter consciência é simplesmente entender o que se está fazendo.

368. E como age a consciência?

a) É ela quem determina a ação da Lei de Causa e Efeito em nós;

b) Ela se torna plena ao conquistarmos o livre-arbítrio, quando nos tornamos humanos;

c) Usando a Lei de Causa e Efeito, nossa consciência nos avalia com perfeição;

d) Note que ela avalia e nos avisa, sem nos julgar. Somente nossa vontade nos corrige;

e) Sabe com perfeição quais são as nossas verdadeiras intenções, o que torna impossível enganá-la;

f) É assim, que mais cedo ou mais tarde corrigiremos todo “mal” que fizermos, pelo bem, pelo livre uso de nossa vontade;

g) Nem Deus e nem nossa consciência nos julga ou castiga.

 

 

Leia também

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: