Home » Destaques, Espiritualismo, Estudos, Kardec corrige

Parte 5: A revisão de “O Livro dos Espíritos” – Livro Terceiro, Capítulo 5

Enviado por on 11/09/2018 – 19:00
sunrise-1756274_640

CAPÍTULO 5 – LEI DA CONSERVAÇÃO

(leia os capítulos anteriores)

II – Meios de Conservação

Questões 704 e 705

a) Notar nas respostas os problemas causados por aqueles que querem o supérfluo

b) Ler também com atenção os comentários de Kardec.

 

III – Gozo dos Bens Terrenos

Questão 712

a) Na resposta lemos: “(…) para prová-lo na tentação (…)”;

b) A resposta certa seria: “para aprendermos a controlar nossos instintos animais, combatendo o orgulho e egoísmo, aprendendo a fraternidade”;

c) Veja a questão 712-a.

 

Questão 714-a

a) A morte moral seria o impedimento do desenvolvimento da virtude;

b) Com os consequentes traumas dolorosos que vimos na parte 1 deste livro;

c) Mas a morte moral nunca poderia acontecer, pois uma vez adquirida uma virtude, com a sua morte ela seria perdida; e isso não pode acontecer;

d) Seria o espírito regredir;

e) Ainda quem pratica tais excessos, não desenvolveu as virtudes para evitá-los: o que não existe não pode morrer.

 

IV – Necessário e Supérfluo

Ler com atenção as questões desse item e os comentários de Kardec.

 

V- Privações Voluntárias. Mortificações

Questão 723

a) Sobre a alimentação animal:

b) Na época de Kardec, o trabalho exigia mais o uso da força física, com muito desgaste energético;

c) E o desgaste de calorias impedia o acúmulo de gordura no organismo;

d) Ainda havia menos alimento disponível do que hoje;

e) E vivia-se bem menos;

f) Portanto seria inadequado naquela época recomendar o não uso da carne na alimentação;

g) Hoje sabemos que podemos substituir a proteína animal pela vegetal, principalmente a da soja;

h) Com ganho de saúde e a muito maior produtividade deste grão, por área usada;

i) Além do ganho ecológico pela diminuição de gases do efeito estufa;

j) E principalmente o não causar dor aos animais;

k) Parece-nos que a alimentação animal está começando a ser contrária ao progresso que adquirimos;

Ver questão 729.

 

Leia também

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: