Home » Destaques, Espiritualismo, Estudos, Kardec corrige

Parte 5: A revisão de “O Livro dos Espíritos” – Livro Terceiro, Capítulo 6

Enviado por on 18/09/2018 – 20:31
supernova-1183663_640

CAPÍTULO 6 – LEI DA DESTRUIÇÃO (OU LEI DA TRANSFORMAÇÃO)

(leia os capítulos anteriores)

I – Destruição Necessária e Destruição Abusiva

Tirando os excessos de época, as questões deste item são importantes.

 

II – Flagelos Destruídores

Questão 737

a) Nos trabalhos de esclarecimento, vemos como nos transformamos para melhor quando desencarnados;

b) Os flagelos apressam em muito a evolução coletiva;

c) Daí o processo apocalíptico para a transição final para o ciclo de regeneração;

d) Vamos entender quando o espírito diz uma perfeição que adquirimos, como sendo um aprendizado no bem, que nunca mais perderemos.

e) E ainda, que a completa perfeição se faz pela soma de todas essas perfeições adquiridas.

 

Questão 738

a) Deus não castiga, corrige;

b) Evitaríamos a maioria dos flagelos se seguíssemos as leis de Deus.

 

Questões 738-a e b

a) Não há o acaso na criação divina;

b) Ninguém nunca é vítima de nada;

c) Só estaremos envolvidos em flagelos, por correção ou por prova;

d) E em ambos os casos estaremos aprendendo e evoluindo;

e) Pois sendo um flagelo, o trauma será forte e gravará com força em nossas mentes;

f) Mostrando-nos que só a vida espiritual é eterna, e o quanto a vida física é frágil;

g) Nossa intuição gravará com muita força tal conhecimento, que evitará que cometamos muitos e graves erros nas próximas encarnações.

 

Questão 741

a) “Resignar-se à vontade de Deus. ”

b) “Concordar”, sempre, por saber que é o melhor, diríamos.

 

III – Guerras

Questão 742

a) Lembremos que o estado de barbárie não é primarismo, muito embora seja pior;

b) É necessário ter a inteligência desenvolvida para praticar a barbárie.

 

Questão 744

a) Pergunta incorreta;

b) Deus não torna a guerra necessária;

c) Nosso comportamento bárbaro é que a provoca e ele respeita nosso livre arbítrio;

d) Aproveitando-a ao mesmo tempo, para acelerar nossa evolução, como já vimos.

 

Questão 744-a

a) Na resposta, “sovar os povos”;

b) Entenda-se o termo sovar, como mostrar aos povos as consequências da barbárie;

c) Mesmo para quem não é bárbaro, mas está em prova, para aprender;

d) Isso faz com que os bárbaros saiam desse estado com muito maior rapidez, evitando que os que estão em provas, se tornem bárbaros;

e) Daí o acelerar da evolução.

 

Questão 745

a) Se fosse como diz a resposta, seria o olho por olho;

b) A correção só pode ser feita pelo amor, como vimos;

c) E é isso que acontecerá com tal pessoa: ela aprenderá a salvar vidas pelo amor, ao invés de tirá-las.

 

IV – Assassínio

Questão 751

a) Prestar bem atenção na resposta desta questão;

b) Ela deixa claro que só há evolução real, quando aprendemos a usar bem nosso conhecimento, adquirindo sabedoria.

 

V – Crueldade

Questão 752

a) Só o bárbaro tem inteligência para cometer crueldade;

b) O primário não;

c) Mas para que haja um aprendizado mútuo, às vezes Deus permite que bárbaros e não bárbaros convivam;

d) Os não bárbaros aprendem a não ser; e os bárbaros aceleram sua evolução, aprendendo a deixar de ser;

e) É o que acontece atualmente em nosso planeta.

 

Questão 753, 754 e 755

a) Pergunta incorreta;

b) A crueldade não é caráter dos povos primários. Veja questão anterior.

 

VI – Duelo

a) Preste atenção neste item;

b) Os duelos continuam existindo, só que de forma moderna;

c) Quando empresas competem desonestamente pelo mercado;

d) Quando empresas poderosas assassinam inventores temendo a concorrência que lhes dará prejuízo;

e) Ou ainda, quando governos de países poderosos fazem o mesmo.

f) Quando você duela com o vizinho para ter um carro melhor;

g) Quando você exige que seu filho seja o melhor da turma;

h) Enfim, sempre que você “adore” o deus sucesso.

 

VII – Pena de Morte

Questão 763

a) Na resposta: “Somente as leis divinas são eternas. As leis humanas modificam-se com o progresso. E se modificarão ainda até que sejam colocadas em harmonia com as leis divinas”;

b) As leis humanas mudam, quando nos tornamos melhores em nosso comportamento social;

c) Nossos hábitos sociais se aprimoram juntamente com a nossa compreensão;

d) Aí estamos aptos para não nos cegarmos com uma luz maior;

e) Esta é a razão deste livro. Já atingimos a condição para conhecermos o verdadeiro Deus Amor do Espírito da Verdade e de Jesus;

f) Ainda esta questão mostra que realmente, “Fora da Caridade Não Há Solução”;

g) Como Jesus nos mostrou, ela pode ser praticada até pelos povos primários;

h) Só uma civilização, composta em parte por bárbaros “civilizados” como a nossa, é capaz de se afastar tanto da prática da Caridade;

i) O orgulho, o egoísmo aliado a um forte desenvolvimento intelectual, sem o correspondente desenvolvimento moral, pôde nos levar a essa situação;

j) A prática da Caridade como lei social, é o único caminho de nos rearmonizarmos com as leis de Deus.

 

Questão 765

a) Prestar bem atenção na resposta;

b) Lembremos a inquisição e a pena de morte.

 

Leia também

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: