Home » Sobre nós

Sobre nós

Reprodução

Allan Kardec, o codificador da Doutrina Espírita

Amigo,

Apesar de sermos espíritas, queremos deixar claro que, com este deste blog, não temos nenhuma intenção de fazer adeptos para o Espiritismo. Muito menos transformar ateus em crentes.

Toda forma de crença voltada para o bem é necessariamente digna de respeito. E este é o nosso comportamento.

Consideramos as crenças voltadas para o bem quando:

1. Ensinam seus adeptos a respeitar integralmente os direitos dos semelhantes, como quer os seus respeitados;

2. Ensinam que este é o único meio de respeitar todas as diferenças;

3. Ensinam que, para aceitar todas as diferenças, não é preciso que todas as pessoas sejam iguais;

4. Ensinam que isso se faz dando o mesmo valor a todas as atividades, independente do status de cada uma;

5. Ensinam que tal valor não deve ser econômico, mas sim moral;

6. Ensinam que isso só se consegue através de uma lei que sempre foi considerada problema de fé;

7. Ensinam que tal lei nada tem a ver com fé, mas com o comportamento social;

8. Ensinam que esta lei é a Lei da Caridade.

Mas os fatos da vida nos mostram que esta lei se tornou esquecida, exatamente por ser considerada um problema de fé.

A fé, porém, vem sendo ensinada pelas religiões a partir de conceitos com mais de 6.000 anos, advindos da Mitologia. E estes conceitos mostram um Deus mais humano que nós mesmos —nervoso, vingativo, temível, profundamente injusto, que está sempre nos castigando.

Por outro lado, os ateus, ao dizerem que Deus não existe ou que ele é apenas uma projeção de nossa fé, removeram a base de sustentação moral do comportamento humano, sem que sua ciência fosse capaz de deixar algo no lugar. O caos em que vivemos, apesar de todo o avanço tecnológico, comprova isso.

Esse incrível paradoxo —o Deus mitológico de um lado, e a inexistência de Deus de outro— criou uma grande massa de pessoas que poderíamos chamar de “ateus crentes” ou “religiosos não-praticantes”. Ateus, porque não podem aceitar racionalmente um Deus com os conceitos das religiões. Crentes, porque apesar de tudo continuam aceitando a existência de Deus.

Para piorar ainda mais, Hollywood e o capitalismo em sua feição selvagem aproveitaram-se da ausência de um Deus aceitável e criaram o “deus sucesso”, expressão pura do materialismo. Pensam os adeptos deste: se o Deus que as religiões nos apresentam é quase sempre o caminho para o “inferno”, por que não nos aliarmos ao “deus sucesso” e aproveitarmos enquanto há vida?

A partir desta realidade é que temos buscado inspiração em nossos guias espirituais, para buscar o aspecto realmente Consolador de Deus, das palavras de Jesus e também da própria Revelação Espírita.

Guia de navegação

Desta maneira, organizamos o Blog dos Espíritos de forma a facilitar ao leitor encontrar os assuntos de estudo que mais lhe interessem no momento.

Na seção Estudos, você encontra um estudo completo sobre o livro “Boa Nova”, de Humberto de Campos (Espírito), que nos mostra Jesus em sua face realmente Consoladora, livre dos mitos e das constantes traduções, reinterpretações e adulterações das Igrejas modernas.

Na seção Mensagens, você encontrará as palavras de nossos guias espirituais, que têm nos falado sobre o Evangelho de Jesus e a Codificação Espírita sob uma óptica esclarecedora e atual.

Nas áreas de Destaques, Espiritismo e Vídeos você encontrará conteúdos diversos coletados pela Internet e comentados sob a óptica Consoladora da Doutrina Espírita.

Você também pode usar a Busca, no topo direito da página, para procurar por palavras-chave de interesse.

 

Sinta-se livre para deixar seus comentários ou tirar dúvidas. Estamos nos colocando à disposição de todos, para, dentro de nossas possibilidades, esclarecer, receber sugestões e críticas argumentativas, em um bate-papo que, pretendemos, seja coloquial, educado e iluminado.

Vale ressaltar, no entanto, que não abordaremos casos pessoais, já que não somos psicólogos e nem terapeutas.

Todo e qualquer exemplo colocado neste blog será sempre fictício e jamais estará ligado a um caso verdadeiro.

De forma alguma também entraremos em discussões ou litígio, pois a Caridade nos ensina a respeitar todas as opiniões.

Esperamos contribuir, ainda que muito limitadamente, com Jesus e o Espírito da Verdade na tarefa de dar à luz o Mundo de Regeneração que se inicia e dependerá, como diz nosso querido Bezerra de Menezes, dos testemunhos sinceros no bem e no amor de todos nós.

Ana Caporice
Anelise Stein
Cristiano Souza
Francisco Madureira
Rosino Caporice

%d blogueiros gostam disto: